20 dicas para ensinar o seu bebê a comer

alimentação saudávelQuase todos os especialistas são unânimes: é até os dois anos que aprendemos a comer. Essa também foi a conclusão de um estudo americano publicado na revista  Clinical Pediatrics depois de avaliar crianças e adolescentes obesos e descobrir que mais da metade já se encontrava nessa situação aos dois anos. Segundo os pesquisadores, os hábitos alimentares aprendidos nessa primeira fase são levados para o resto da vida e dificilmente são modificados. Então, invista nessa fase! Reuni aqui 20 dicas que descobri entrevistando médicos durante os últimos dois anos:

1 – Nunca force a criança a comer. Não quer? Espere uma meia hora e ofereça novamente. Se mesmo assim não comer, desencane e adiante um pouco a próxima refeição. E NÃO ofereça porcaritos no lugar do que foi recusado.

2 – Cuidado com o exagero de carboidrato e proteínas na papinha. Estudos recentes comprovam que o consumo excessivo desses grupos alimentares, principalmente nos primeiros anos de vida, está relacionado com obesidade no futuro.

3 – Preste atenção na consistência da papinha.  Comece com alimentação pastosa e vá gradualmente passando para a sopa pedaçuda para incentivar a mastigação e o apetite do bebê.

4 – Evite os alimentos vilões. Açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas devem ser evitados sempre, mas principalmente nos dois primeiros anos.

5 – Faça pratos pequenos. Criança tem estômago pequeno, por isso a quantidade de comida também deve ser pequena.

6 – Diversifique os ingredientes da papinha. Lembre-se que ela precisa ter os três grupos alimentares: construtores (carnes de boi, frango e peixe, feijão, ervilha, proteínas, enfim), energéticos (arroz, macarrão, batata, carboidratos em geral) e reguladores (legumes, verduras, fibras).

7 – Respeite os horários das refeições mesmo no fim de semana. Você corre o risco de ter uma criança chorando de fome que será acalmada com porcaritos.

8 – Depois de um ano, ofereça comida da família adaptada. Criança não apreciam temperos exóticos ou comidas muito elaboradas.

9 – Não ofereça o segundo prato se o seu filho não quer. Você pode instituir na criança um hábito de comer a mais apenas por vício.

10 – Coma direito você também. Afinal, você é o exemplo e ele precisa ser bom, não lotado de fast foods e comidas prontas.

11 – Organize sua vida para fazer ou ter alguém que faça a comida do bebê. Essa é a melhor maneira de garantir uma alimentação saudável e não correr o risco de encher a geladeira com pratos industrializados.

12 – Comida de criança tem de ser gostosa e não apenas uma soma de ingredientes. Você também precisa gostar da papinha!

13 – Incentive a criança a beber água para ele criar esse hábito para o resto da vida.

14 – Respeite a quantidade que a criança quer comer. Até os dois anos elas tem a capacidade de saber quando estão saciadas.  Se você insistir para ela comer mais sempre, ela perderá a habilidade.

15 – Tenha uma rotina para os horários das refeições. Assim a criança vai começar a entender seu metabolismo, o que é ter fome, o que estar saciada.

16 – Ofereça alimentos que podem ser consumidos com as mãos. Além de ser uma forma de incentivar o apetite da criança, isso ajuda no seu desenvolvimento.

17 – Faça pelo menos uma refeição com seu filho. Isso ajuda a criança a associar o momento de comer com um sentimento de prazer.

18 – Não dê comida na frente da TV. O hábito vai se instalar e mais para frente ela não prestará atenção na sua saciedade, correndo o risco de comer a mais sem precisar.

19 – Preste atenção nas preferências do bebê e use esses alimentos para ajudar a introduzir sabores novos.

20 – Invista em um cadeirão. O bebê precisa ter o seu espaço na hora das refeições, de preferência na mesa junto com a família para associar o momento de comer com algo gostoso.

Outra forma de ajudar minhas filhas a comerem quando eram bebês foi investir em potinhos bonitinhos e coloridos como esse. Se quiser comprar um igual, basta clicar na foto. E você ainda estará ajudando o Comer para Crescer a continuar. E nosso obrigada desde já!

beijos

Mônica
Conheça nosso canal de receitas fáceis!