• JUNTE-SE A NÓS NAS REDES SOCIAIS:

Dicas da Jessica Seinfeld

Categoria: Biblioteca, Comportamento, livros de receitas por 29 de junho de 2011

A espetacular Jessica Seinfeld – sim, casada com o não menos espetacular Seinfeld, criador do famoso seriado – tomou coragem para assumir algo que faz  muito especialista torce o nariz: disfarçar a alimentação dos filhos. É isso que ela ensina no livro Deliciosos e Disfarçados (ed Ediouro), que ganhei do meu super incentivador sogro.

Jessica é adepta dos purês para incrementar o prato do dia-a-dia. Coloca purê de brócolis no arroz, de couve no hambúrguer, de banana no bolo, e assim a garotada em sua casa vai consumindo os alimentos “difíceis”. Em um post futuro falo mais sobre eles…

Copio aqui algumas regras que ela espalhou pelo livro. Não concordo com todas, mas é sempre bom a gente espiar como o outro resolve problemas e se inspirar…

beijos

Mônica

 

Dizendo não, com jeitinho

1 – Tento não ser ambivalente nem me desculpar por minhas regras

2 – Sempre explico minhas razões

3 – Explico que as outras famílias comem de maneira diferente, e que cada casa tem regras diferentes. Algumas fazem as crianças felizes, outras aborrecidas; mas as regras são formuladas para garantir a saúde e a segurança dos filhos

4 – Entendo os sentimentos deles, mas não cedo. Sinto que isso lhes dá mais segurança, e confirma a credibilidade e consistência.

 

Jantando em restaurantes

1 – Busque ambientes amigáveis para crianças – restaurantes com bancos e separações entre as mesas são ótimas opções.

2 – Faça o pedido assim que chegar à mesa – ou o mais rápido possível.

3 – Peça a conta logo que chegue a comida. Assim, evitará ficar procurando desesperadamente por um garçom quando a paciência da garotada acabar.

4 – Se possível, evite o menu infantil. Os costumeiros cachorro-quente, hamburguer e queijo quente, em geral, tem gordura em excesso e menos nutrientes que os pratos para adultos, que são ótimos para se dividir entre duas ou mais crianças.

 

Regras da mesa

1 – Nada de brinquedos na mesa. Tenho filhos demais, e todos com brinquedos seria um verdadeiro caos.

2 – Nada de televisão nem outra forma de distração

3 – Se as crianças não podem se divertir, os adultos também não. Ou seja, nada de celulares.

4 – Todo mndo come sozinho. De acordo com a idade, é claro.

5 – As crianças ajudam a colocar a mesa, recolher os pratos e se revezam para ajudar a limpar a bagunça do bebê. Mantenho uma minivassoura e um cestinho de lixo pequeno perto da mesa.

6 – Não falamos de boca cheia nem comemos em pé – isso vale para todos!

7 – Quando a criança pára de comer e começa a fazer bagunça com a comida, a refeição acabou para ela.

8 – Boas maneiras são aprendidas por meio de exemplos. Nunca dispensamos o “por favor” e o “obrigado”, e não colocamos o cotovelo sobre a mesa, para que as crianças repitam.

9 – Colocar o guardanapo sobre o colo é uma regra de etiqueta avançada. Ainda assim, coloco o meu com toda a pompa e circunstância, fazendo com que as crianças queiram me imitar.

 

 

 


Comentários

  1. Fatima disse:

    Muito bom, gostei das dicas!
    Aproveitando, vou deixar o link do post que fiz sobre o sorteio que ganhei aqui, dos adesivos: http://fredericando.blogspot.com/2011/06/fui-sorteada.html

    Beijos!!!

  2. J Teixeira disse:

    Comprei ha muito tempo esse livro e eh muito bom! O problema eh que eu acho dificil fazer td q ela pede pra preprarar antes de fazer a comida! Bjs