• JUNTE-SE A NÓS NAS REDES SOCIAIS:

Vamos pra cozinha?

Categoria: Biblioteca, Cozinhando com crianças, livros de receitas por 29 de junho de 2013

Vamos para cozinha CAPA baixa-290x290São quase 50 receitas divididas entre começo (entradas), meio (pratos principais) e fim (sobremesas) e os de sempre (clássicos). Todas as receitas devem ser feitas pelas crianças, acompanhadas de um adulto.

O título do post lembra tanto a minha mãe me chamando, eu ainda adolescente, para ir cozinhar com ela. É um título afetivo, afinal qual mãe nunca convidou o filho ou a filha para acompanhá-la na cozinha nem que seja para estourar uma simples pipoca?

A frase afetiva também intitula o livro das chefs cozinheiras Betty Kövesi e Gabriela Martinoli.

Eu as conheci num evento que Eletrolux promoveu numa deliciosa manhã de sábado, no mês de maio. Ao final, recebemos o livro Vamos Pra Cozinha?, da Editora DBA, de presente. Folheando vi que as receitas são simples, mas bastante variadas (tem sopa de pipoca!) , e com potencial para agradar a grande maioria das crianças.

São quase 50 receitas divididas entre começo (entradas), meio (pratos principais) e fim (sobremesas) e os de sempre (clássicos). Todas as receitas devem ser feitas pelas crianças, acompanhadas de um adulto, claro. Mas os pequenos é que devem ter a liberdade de colocar a mão na massa. Para as mães mais superprotetoras (tipo eu) que não sabem se liberam as crias entre facas e fornos, digo que dá para liberar, sim, tomando alguns cuidados, claro, mas as receitas foram testadas com crianças de variadas idades na cozinha da Betty.

Antes de chegar nas receitas, Betty responde uma série de perguntas sobre higiene, segurança, idade certa, além de dar dicas preciosas sobre preparo, utensílios essenciais e o be-a-bá da culinária, algo como: o que é emulsionar. Os textos são curtos, diretos, assim como as receitas, pois é um livro para dar para criança.

No post 7 receitas para usar o molho de tomate caseiro já sugeri uma receita do livro, o arroz de forno.

Outro livro que aproveito para sugerir é o De Bem com a Natureza, da química Conceição Trucom, lançado pela Editora Alaúde.

Como o subtítulo do livro diz, a obra traz conceitos, dicas e receitas que podem ser feitas para crianças de todas as idades. Conceição é adepta da alimentação viva, aquela que segue o vegetarianismo mas não usa ingredientes quentes, ou seja, sem os cozidos, fritos ou assados.

Para quem não está antenado com essa filosofia de vida, o livro pode parecer uma chatura. Mas eu não achei. E todos sabem que nem de longe sou adepta de alimentação viva. Sou carnívora clássica. Na minha casa come-se o vivo e o morto. O frio e o quente, além do frito, cozido e assado. Mas adoro conhecer coisas novas, e o livro abriu mais uma porta para mim no caminho das inúmeras possibilidades que a alimentação nos oferece.

Para quem gosta e se interessa pelo assunto, a primeira parte, sobre os conceitos da alimentação viva, é uma excelente aula. Traz dados e conceitos muito interessantes. A segunda parte, que explica as fases do desenvolvimento e a alimentação infantil, é essencial para profissionais da área que trabalham com criança, sejam eles, os profissionais, vegetarianos ou não. Para pessoas como eu, curiosas na alimentação, o melhor capítulo é o das receitas. Para mim, a grande maioria é totalmente possível de ser feita e degustada.

Deixo aqui duas receitas que, para mim, são excelentes sobremesas para família, inclusive para as crianças pequenas e que já comem comida de sal. As sugestões também podem ser oferecidas no café da manhã ou no lanche da tarde.

Papinha de maçã, cenoura e abacate

Ingredientes

1 maçã picada sem sementes

1 cenoura pequena picada

2 colheres de sopa de abacate bem maduro

1/2 xícara de chá de água de coco-verde ou de chá de ervas

gotas de suco fresco de limão

1-2 colheres de sopa de sementes de girassol sem casca

folhas de hortelã para decorar

Modo de fazer

Bata tudo no liquidificador. Coe, se quiser. Sirva em taças decoradas com hortelã.

 

Creme de frutas com castanha do pará

Ingredientes

1 xícara de chá de mamão formosa picado

2 bananas-nanicas picadas

1/2 xícara de chá de ameixas prestas hidratadas por 20 minutos em água filtrada ou água de coco verde

gotas de limão

gelo (opcional)

4 castanhas do pará raladas

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador menos as castanhas, que serão salpicadas sobre o creme de frutas.

 

As receitas parecem deliciosas, não? Recomendo a leitura do livro para saber mais sobre o tema.

Beijos e um ótimo final de semana,

Patricia