• JUNTE-SE A NÓS NAS REDES SOCIAIS:

A verdade sobre a papinha pronta

Categoria: Dicas por 28 de agosto de 2013

papinha prontaVamos falar sobre papinha pronta. Sempre escutamos que comida industrial faz mal. E é verdade. O conceito “industrial” geralmente embute substâncias químicas que interferem em nossa saúde e nada tem a ver com aquela refeição cheirosa, colorida e saudável da casa de nossas avós e mães. Mas isso não se aplica quando o assunto é papinha industrial ou pronta – ou ainda, vamos assumir, a da Nestlé, que é a única nesse ramo (a Gerber também comercializava, mas parou).

A papinha pronta não contém conservantes. Sua conservação e qualidade são garantidas com a esterilização realizada em alta temperatura e pelo fechamento a vácuo. Não contêm aromatizantes, estabilizantes, nada assustador, apenas ingredientes conhecidos (carnes, verduras e legumes). E as combinações são balanceadas para atender às necessidades nutricionais do bebê. Atualmente as receitas foram reformuladas para terem menos sal e açúcar.

Bem, se é assim tão confiável, por que não é legal dar papinha pronta todos os dias?
  • Há pouca variedade. São 4 doces na Etapa 1, 8 salgadas e 9 doces na Etapa 2, 4 salgadas e 1 doce na Etapa 3 e 4 salgadas na Etapa Júnior. Quem oferece apenas a papinha pronta corre o risco do filho enjoar e esquecer o prazer de comer
  • O tempero é sempre o mesmo. E é importante que seu filho conheça a sua comida, o seu tempero, os seus segredinhos culinários, os alimentos típicos da região onde mora
  • O bebê precisa ver como os alimentos são diferentes. Nada como um pedacinho de batata ao lado de uma carne moída e um arroz branquinho para ele saber que existe uma grande variedade de cores e texturas
  • Cozinhar para o filho também é uma forma de se comunicar e amar. Mas tenha certeza de que só de ouvir você orientado a auxiliar da casa já fará com que entenda o quanto se preocupa com ele – o que fará uma diferença enorme na percepção da criança.
  • As papinhas prontas foram criadas para crianças até certa idade (segundo o site da Nestlé, a Etapa Júnior alimenta até 3 anos mas eu duvido que alguém realmente agüente tanto). Aí, depois disso, você vai fazer o quê? Continuar apelando para comidas prontas? Melhor enfrentar e desvendar a arte de cozinhar agora!
  • O que é melhor: bolo de laranja pronto com aquela cor bege-sem-significado que você abre o pacote e come ou …BOLO DE LARANJA quentinho, bem alaranjado, que acabou de sair do forno, resultado daquela receita que sua tia criou, com cheirinho típico que vai fazer você comer quase tudo e mandar a dieta para longe?
Quando as papinhas prontas são legais?
  • Na estrada ou em passeios longos – para não correr o risco de levar papinhas que podem “estragar” com o tempo e a temperatura inadequada
  • Em emergências, quando não há tempo hábil para fazer uma comidinha saudável
  • Quando a comida do local (restaurante, hotéis, casa de amigos…) não é assim tão confiável – você pode até se arriscar, mas seu filho não
  • Ás vezes, muito ás vezes, quando bater aquela preguiça de cozinhar…
Como servir a papinha pronta?

Aquecer ou não vai depender do gosto do seu filho ou da disponibilidade do local onde você se encontra. A temperatura não interfere no valor nutritivo da papinha. Se quiser, use um banho-maria ou microondas. O potinho é super prático, mas se achar que o bebê não vai comer tudo coloque metade em um prato e guarde o restante na geladeira, se existir uma por perto. A papinha ainda dura por 24 horas nela.

Quem não sabe cozinhar (como eu) pode começar lendo Como aprendi a cozinhar, antes de enfrentar o fogão. Aprenda a fazer as papinhas em Todos os Segredos da Papinha e conheça boas sugestões de receitas na Quinta da Papinha.

Um beijo da Mô


57 thoughts on “A verdade sobre a papinha pronta”

  1. Dani disse:

    Corrigindo: a Gerber ainda fabrica sim papinhas para crianças… Tanto salgadas quanto doces…

  2. Joana disse:

    Mais algumas razões para deixar as papinhas Nestlé nas prateleiras dos supermercados e o que os comerciais não falam:

    Bisphenol A (BPA): Esse componente encontrado em plásticos e que causa alterações endócrinas e câncer, também é usado no lacre das tampas dos potinhos de papinha infantil, incrível não?

    Espessantes: As papinhas prontas são compostas em quase 50% por água e espessantes, que são farinhas ou outro carboidrato natural (carragena, goma guar, arábica, xantana e jataí) que serve para dar maior consistência e também servem como estabilizantes. Apesar de teoricamente não fazer mal ao seu bebê – lembre-se das sabias palavras do Dr. Greene – o valor da papinha pronta é 50% inferior a mesma quantidade do mesmo alimento integral.

    Ácido cítrico: O principal preservativo encontrado em papinhas parece inofensivo, já que e um dos principais componentes de um limão. No entanto, o acido cítrico também é usado na formulação de produtos desengordurastes como detergentes e outros diversos limpadores devido a sua ação abrasiva. Um estudo alemão recente associa o ácido cítrico a irritações estomacais e maior incidência de cáries em crianças e adolescentes já que seria um dos principais responsáveis pela corrosão do esmalte dos dentes. O ácido cítrico é indiscriminadamente adicionado a todo tipo de balas, refrigerantes, sucos artificiais, molhos entre outros produtos alimentícios com alto apelo infantil. Quer dizer, não precisa introduzir um bebezinho a isso nas primeiras refeições de sua vida.

    Diversidade: É só ler os rótulos das papinhas Nestlé para ver que todos os potinhos contêm pequenas variações da mesma coisa. Um bebê precisa de cores, texturas e nutrição verdadeira, só assim ele vai ser uma criança saudável.

    Higiene: Já ouvi o argumento de que as papinhas processadas são mais higiênicas, hahaha, por quê? Feitas por grandes máquinas que são diariamente lavadas com produtos químicos que deixam resíduos (o caso do toddynho com soda cáustica). Onde uma maça podre com certeza pode escapar ao crivo de seleção. Ah, o amor é um ingrediente indispensável em qualquer prato, principalmente no de uma criança.

  3. Monica disse:

    Muito bom o post, é bem assim que funciona aqui em casa, papinha pronta so qd vai passear ou numa emergencia. Meu bebe come com muito mais gosto as papinhas caseiras que eu faço.

  4. estoudedieta disse:

    como meu filho ja esta grande, usarei essas papinhas na minha dieta hehehe

  5. Nunca dei papinha pronta, no começo eu penava para fazer a papinha dos nenéns, depois que eu peguei o jeito de dourar a cebola, o alho e a carne, joga os legumes, liga a pressão e pronto, vi o quanto era fácil e prático e gostoso inventar as papinhas… Comidinha de casa, no fogão, com cheirinho de comida é sempre melhor…

  6. juliana disse:

    tenho uma filha de 6 anos e até os 2 naos comeu papinha de nestle ela adorava ,sempre foi muito saudavel e nunca fica doente creio que não tem mal nenhum ,agora tbm tenho uma de 5 meses e ja vou começar a dar tbm .

  7. Inês disse:

    Nossa, as papinhas da nestlê me ajudam muito, sou sozinha para cuidar de meu filho e cansa muito( o pai só esta em casa no domingo), concordo que é mais saudável cozinhar,mas daí tinha q deixá lo sozinho um tempão para arrumar cozinha e ainda roupa, limpar casa…e ele mama no peito de 2 em 2h, não há quem aguente a choradeira…só mesmo as papinhas prontas p ajudar.

  8. Stella disse:

    Alguém sabe me dizer sobre a questão de esquentar ou não a papinha no microondas? Leio inúmeros artigos dizendo que não faz bem, mas o porque não consigo achar, é tão mais prático, tenho gêmeos, cuido de tudo sozinha, casa, comida, filhos e esquentar no microondas já seria de muita valia. Obrigado desde já e ADOREI o post…

  9. Patricia disse:

    Olá leitores. Meu nome e Patricia e tenho um filho de 11 meses.
    Moramos em Londres e estamos de ferias aqui no Brasil.
    Bom desde os 5 meses eu dou papinhas para o meu filho e ELE LITERALMENTE AMA.
    Depois dos 6 meses comecei a introduzir comilona salgada q eu mesma fazia.
    Fazia pque tinha tempo de sobra. Mas sempre dando frutas frescas e as papinhas de frutas prontas tbem. Uma marca chamada Ella que inclusive e Italiana e deliciosa.
    Vim para o Brazil qdo o Ben estava com 9 meses e entao comecei a dar a da NESTLE. MEU DEUS como ele GOSTA.
    Assim eu acho q eles tem uma variedade ate considerável.
    Eu comecei com a JAÓ para 8 meses e depois fui introduzindo todas os outros sabores. Riso, abobrinha, strigonoffi ,picadinho de carne, spagueti,lentilha… Nossa ele AMA TODAS…. As vezes acrescento um arroz com mais cadinho de feijão , cadinho de carne enfim faço e reinvento qdo quero variar.
    Ele esta com 11 meses agora e e um menino super forte. Amentei so ate os três meses. Mais nao né arrependo ele NUNCA GRIPOU OU RESFRIOU. GRAÇAS A DEUS.
    Hoje esta com 13 kilos. Uma fofura .. Super inteligente.
    Engatinhou aos 6 meses e andou aos 10 meses.
    Bom e isso como vcs podem ver…. Acho q nao há Nda de errado em papinhas prontas… Ou mesmo fato de ele nao ter sido amamentado por mais tempo.
    Bobagem sigam a própria intuição de MÃE E TUDO DARÁ CERTO.
    Bjos saúde ais nossos bebes.

  10. Vívian Silva disse:

    Carol fica na creche a semana toda e come comidinha feita pelas tias. Nos finds eu dou papinha da Nestle. Estava com muito medo de pesquisar sobre e descobrir coisas ruins da papinha, masssss graças a Deus agora estou tranquila…As mães sem secretaria sabem como é difícil administrar criança, casa, marido e cozinha hehehehe. Definitivamente n dá tempo de fz comida. Bjs

  11. fabricia disse:

    oi, meu nome é fabricia. tenho uma bebê de 6 meses chamada maria luisa.
    ela adora minhas papinhas salgadas. mais frutas e sucos ela não gosta muito. comecei a dar as papinhas de fruta da nestle pra ela. mais fiquei na dúvida. oq quer dizer etapa 1 e 2? ja dei dois sabores diferentes e um estava escrito etapa 1 e o outro etapa 2. fiz algo errado? bjssss e obrigada

  12. Cíntia disse:

    Gente,

    Tenho uma menina de 5 meses e o pediatra indicou a papinha da Nestle. Eu tinha o maior preconceito, pois achava que as papinhas possuíam muitos produtos químicos, pois tem um prazo de validade longo e não sabia do processo da industrialização e da embalagem a vácuo. Meu filho de 5 anos nunca comeu a papinha por este motivo. Agora a minha família está me criticando por dar as papinhas da Nestle, dizendo que estou entopindo a nenen de produtos químicos.

  13. Sandro disse:

    Experimentem http://www.lusante.com.br/categories.php?category=LINHA-BABY, mais barato que papinhas nestle e com muito mais qualidade, desenvolvido por quem entende…

  14. Barbara disse:

    Adoreiiiii!
    Ando muito preocupada porque não tenho acertado na papinha.. .ela não é muito fã da minha comida :( Mas ama a Nestlê!

  15. Raquel disse:

    Meu tempo é bastante curto, trabalho o dia todo quase até 8 da noite e pretendo dar esta papinha nestlé e fazer o seguinte… meu sobrinho mas novo foi criado com a papinha nestlé e minha cunhada apenas retemperava ela com o tempero da mamãe, farei o mesmo nas faltas de tempo mesmo de estar preparando.

  16. Adriane disse:

    Olá, adorei todas as dicas pq minha filha está começando a comer papinhas agora e as vezes na emergencia precisamos dar papinha pronta, então agora vou dar mais tranquila.Pq é complicado vc fazer sopinha em casa e levar pra todo lugar que for né, sem contar que ela pode estragar.Beijos e obrigada.

  17. heide santos disse:

    Boa tarde!adorei as dicas mas estou em panico a minha filha esta com 5 meses e comecei agora a oferecer formulas,sucos e frutinhas ela não aceita nada.só quer o peito o que faço?estou com 4 latas de leite diferente.

    1. Comer para Crescer disse:

      Calma Heide, é assim mesmo. Para alguns bebês é preciso mais tempo de adaptação e isso não significa que não vão comer bem no futuro. Você fez bem de ir tentando vários tipos de fórmulas, sucos e frutinhas. Mas uma boa dica é deixar que outra pessoa dê a mamadeira/copo e as papinhas. Faça o teste. Sem ver a mãe (e o peito dela) por perto, talvez ela se anime a experimentar coisas diferentes. Outra ideia é servir o seu leite materno na mamadeira/copo. Você tira com uma bombinha e oferece. É uma outro jeito dela descobrir que pode se alimentar sem ser apenas com o peito.
      boa sorte!
      beijos
      Mônica

  18. geany disse:

    Olha eu sofro pois meu marido e minha sogra falam muito da papinha nestle, mais minha filha que tem 1 aninho adora de sal e de doce, ela não aceita a que eu faço e nem a que minha sogra faz, agora eu estou empenhada em fazer umas papinhas bem parecida com as da nestle, e ela ja ta aceitando melhor, pois estas sao mais saudaveis.

    1. Comer para Crescer disse:

      Oi, Geany.
      É isso aí. No quesito alimentação infantil, é tentativa e erro.
      bjs e bos sorte.
      Patricia

  19. Rosely disse:

    Meninas papinha do peixe tempero com chicória, salsinha, cebolinha… e hj fiz com salsão ficou muito bom

    1. Comer para Crescer disse:

      Oi, Rosely.
      Que ótimo. E acredite que nunca comi chicória? Tõ precisando ampliar minhas experiências gastronômicas.
      bjs,
      Patricia

  20. Rosely disse:

    Ola, excelente a matéria….
    Tenho duas filhas uma de sete anos e a outra tem sete meses, minha filha sete anos começou nas papinhas tanto salgada como doce com 4meses, e nunca fez mal nenhum a ela, comia muito a feita pela minha mãe, mais sempre tinhamos o auxilio dos potinhos da Nestlé e da Gerber, e só uma correção a Gerber parou de comercializar aqui no Brasil, porém em outros países continua e de ótima qualidade.
    Já a minha bebê ela é prematura de 7 meses, começou também com 4 meses e por devido eu viajar muito, ela quase todos se alimenta com os potinhos da Nestlé da Gerber (compro na Venezuela), e a da Jasminne que é com produtos orgânicos e o mesmo preço da Nestlé e tem a venda no Brasil, a da Jasminne ela come as salgadas são uma delícia.
    Thaís Lima não se assuste é normal a quantidade é para faixa etária apesar de no pote está p/ 6 meses…
    Ana Claúdia e Arilza mal nenhum vai fazer, pois é um alimento específico feito p/ nossos bbs, onde tem nutricionista, pedriata acompanhando… outra não tem problema associar com o Nan minha filha de 7 anos mamava o NAM e comia as papinhas…Lembre-se que o paladar do bb é diferente do nosso, o dele é puro, é nosso já é estragado com temperos excesso de sal…p/ nós comida de hospital é horrível?
    Jessica vc já experimentou o leite nam? então é ruim mais o leite que nossos bbs tomam, e o mesmo usando nos potinhos de goiaba com leie, pêssego com leite e banana com leite…
    Luciana não fique desanimada q ótimo q sua filhota tá se alimentando, ela quer pois vc estragou o paladar dela, que já adocicado é outra fórmula… Experimente raspar ou amassar as frutinhas e coloque mel karo, mel de abelha ou açúcar mascavo, a minha ama suco de beterraba e maracujá com açucar mascavo.; outra fiz uma papinha que amou: morou na região aqui tem um peixe chamado tambaqui, mais vc um outro da região para fazer um caldo, aqui chamam de caldeirada, coloque um pouquinho bem pouquinho de azeite frite um pedaço de alho, cebola, pimentào, pegue o peixe já temperado com pouquissimo sal quase nada, bastante limao, coloque junto com as verduras, acrescente bastante água p/ fazer o caldo, coloque batata e tomate e deixe cozinhar, depois de pronto pegue o peixe sem espinha, batata, um pouco do caldo e bata no liquidificador, ela vai gostar, a minha repetiu..
    beijinhos

    1. Rosely disse:

      Gente desculpe pelos erros de português estou escrevendo com minha bb no colo e mexendo no teclado,Luciana faltou a palavra leite ninho entre pois vc e estragou… beijos

  21. Luciana disse:

    nossa eu estou por tudo isso ,minha filha tem 8 meses e só come papinha da nestlé ,ja fiz de tudo ,sopinha com todos legumes hortaliças..amassada triturada até um pedacinho de caldo knor p mudar o gosto ja fiz ,receitinhas de todos os jeitos ela gospe e da ânsia ,só por deus ,acabo indo p mercado e comprando papinha nestlé ,ahhh dai ela come tudo adora …e a minha vai p lixo ,tenho outras filhas e nunca passei por isso e tbm naun gosta de suco ,gosta de caqui ,banana amassada,pera raspadinha ,leite tbm a ped proibiu o ninho voltei p o aptamil 2 ,mas ela quer o ninho ,essa me dá trabalho viu”!!! fiko malukinha com ela ,mas está linda ,acordo de manhã e sei q vai ser uma luta alimentaçao ,ah ela toma noriporun e protovit se´ra q tem alguma vitamina p estimular o apetite ,quem sabe ajuda ???

  22. Arilza disse:

    Tenho uma bebezinha de sete meses,desde o cinco ja comecei a dar a papinha da nestlé,dou uma no almoço e uma no jantar,ela ja se
    acostumou tanto que não suporta a que faço.Minha pergunta é,será que vai fazer mal a ela pois dou todos os dias.Ela também toma o Nan AR.

  23. thais disse:

    eu e a minha pequena mariane, adotamos nas emergencias e adoramos e por conta da pouca açucar eu ate reduzi o açúcar das papas que faço para ela. valeu por me desencanar achei que de certa forma não fosse saudavel.outro dia ela caiu e fomos ao medico ela ficou umas quatro horas sem comer quando fomos liberadas fui a farmacia em frente e comprei o almocinho dela foi otimo contar com esse auxilio naquele momento.

  24. jessica disse:

    amei o comentário. minha filha tem set meses do todos os dias papinha da nestle a ela. tanto no lanche como no almoço. comprei de goiaba ao leite ela n gostou esperimentei estava com um gosto muito estranho. olhei a validade e n era; e normal esse gostinho que tem achei muito estranho o sabor

  25. thais lima disse:

    minha filha tem 4 meses e comecei a dar a papinha da nestle ela come um potinho cheio sera que a quantidade e muito pra ela

  26. Ana Claudia disse:

    Olá, minha filha ta com 2 anos e sempre comeu minhas papinhas e soipinhas…de um tempo pra cá, ela não pode nem ver minha comida, acho que enjoo….e a única comida salgada que ela está aceitando bem, são as papinhas da Nestle, confesso que não gosto nem um pouco, mas no momento é oq ela está aceitando de comida salgada. Tenho medo de não fazer bem.

  27. Valmuc disse:

    Bom, so se for no Brasil que nao há variedade de papinhas prontas…aqui na Alemanha é o que mais tem, papinhas e menus infantis de todos os tipos e sabores desde as salgadas ate as frutinhas e sao super saudáveis. Ate as doulas recomendam as papinhas prontas porque sao bem preparadas na temperatura e formulas corretas, a fim de que as vitaminas nao se percam com um cozimento e preparo errado.

    1. Comer para Crescer disse:

      Oi, Val.
      Você não gostaria de contar para a gente como é o início da alimentação infantil aí na Alemanha. Temos uma seção que chama Papinhas no Mundo e pedimos a colaboração de leitoras para contar os costumes locais e como as mães e pais brasileiros se adaptam a essa realidade culinarística. Vc toparia?
      abraços
      Patricia

      1. Valdirene disse:

        Ola Patricia…

        gostaria de saber novamente o seu e-mail para que eu pudesse contar minha trajetoria com as papinhas aqui na Alemanha, ainda mais agora que meu bebe (quase 1 ano) ja come de tudo e mais um pouco…bjs

        1. Comer para Crescer disse:

          Oi, Val.
          Pode enviar para o patriciaemonica@gmail.com

          bjs

  28. Luciana disse:

    Olá! Meu filho fez 6 meses em 20/06/2011 e o pediatra indicou o início da alimentação pelos alimentos salgados (ele só estava no peito). Eu e meu marido optamos pela papinha (com o consentimento do pediatra) pelo menos durante a semana pois trabalho o dia todo e achamos que seria a forma mais certa de oferecer a ele tantas opções e nutrientes (sinceramente, 2 adultos em casa, que almoçam fora, e um bebê, quem é que tem tempo para fazer feira, ter tantas opções de legumes e hortaliças frescas para chegar ao que a papinha oferece?). Aos finais de semana, com mais tempo, vamos ao mercado, e fazemos “descobertas”… na semana que passou ele provou as papinhas doces, adorou todas elas…

  29. Michelle disse:

    Oi pessoal,

    Minha filha tem 3 anos e adora as papinhas da Nestlé. Todo final de semana ela come pois estamos sempre passeando ou na praia ou viajando. Nada mais prático e seguro!!! Assim como ela EU tb fui criada pela minha mãe comendo papinha Nestlé, se deixar eu devoro um potinho até hj !!!
    Nos dias de semana ela almoça a comidinha aqui de casa e janta a da escolinha, nos feriados e finais de semana só dá NESTLÉ!!!!

  30. Tathiana disse:

    Ola, meu filho qd fica com a avo e a baba comeww de tudo, porem qd esta comigo nao come quase nada porque aida mama no peito com 1 aninho. A unica comida salgada que aceita e a papinha da Nestle da pequena , sem pedacinhos , que come 2 de uma vez… Hj no almoço fiz um macarrao de letrinha com carninha moida e pure de mandioquinha e ele nao quiz… Que tristeza… Fiz bem caprichdado e nada… O q posso fazer pra ele comer comigo ?

  31. VERA LUCIA disse:

    MEU FILHO TEM 6 MESES E ADORA AS PAPINHAS FEITAS PELA MINHA MÃE E POR MIM, MAS NESSE FIM DE SEMANA PASSADA EU FUI OBRIGADA A DAR A TAL FAMOSA PAPINHA NESTLE, O MEU PRINCIPE ODIOU COM TODAS AS LETRAS A TAL PAPINHA, EU ESPERIMENTEI E ENTENDI O MOTIVO, É UMA PAPINHA SEM GRAÇA, NÃO TEM GOSTO DE NADA E TEM UM CHEIRO MUITO FORTE, E DEPOIS QUE ELE COMEU NÃO PARAVA DE ARROTAR, FIQUEI SUPER PREOCUPADA COM ELE E PROMETI QUE NUNCA MAIS DARIA ESSA PAPINHA PARA ELE, TUDO ISSO PARA DIZER QUE ODIEI A PAPINHA DA NESTLE E VCS QUE SÃO PAIS DE VERDADE E SE PREOCUPA COM SEU FILHO NÃO DE PAPINHA NESTLE, AS FEITAS EM CASA SÃO BEM MAIS NUTRITIVAS!

  32. euzinha disse:

    Ah só para complementar, tem papinha de vários sabores. Caldo de feijão com beterraba, hortaliças com carne, frango, arroz e legumes, peito de peru e legumes, macarrão e carne. Agora eles estão fazendo papinha de fruta ao leite, já comprei a de pêssego e hoje comprei outras, acho que ele vai amar. Gente desencana. Eu penso assim: Se você tem condições, estrutura e situação para oferecer facilidades que vão permitir que você se sinta mais feliz, menos cansada, que você brinque mais com seu filho, que você se cuide mais e que você consiga cuidar melhor do seu filho, então faça. Deixa o outros falarem, isso tudo é balela. Bem eu sou a favor de não dor, não sofrimento, cansaço minimizado e alegria em alta. Apesar de eu viver cansada, porque comida não faço, mas fico em casa o dia inteiro sozinha com ele, então o resto todo é comigo e não só as coisas dele (que já são muitas), mas as coisas da casa também. Não é fácil gente, vamos facilitar, parem com esse negócio de que trabalho é que é o bom. O BOM É SER FELIZ, assim SEU FILHO VAI SER FELIZ. O meu é.

    1. Paula disse:

      Nossa, simplesmente parece que vc tirou as palavras da minha boca!!! Adorei o que vc escreveu e vivo tbm dessa maneira. Minha filha hoje tem 21 meses e só é alimentada com papinhas prontas DESDE SEMPRE. Teve uma vez que outra que fiz algum lanchinho “natural” ou a avó fez almocinho e janta “natural” mas durante todos esses meses foram poucas vezes. E devo dizer que ela NUNQUINHA ficou doente, é super esperta e ágil, prova pedacinhos do que a gente come o tempo todo, seja feito em casa seja em restaurante, (na verdade ela come qualquer coisa, basta que esteja amassado no pratinho). Tá certo que, como já escreveram acima, tbm sou brasileira que mora na Itália (mas vou muito para outros países da Europa tbm) e aqui existe uma variedade quase infinita para a alimentação das crianças até 3 anos, nem gosto tanto da variedade na Itália que é quase tudo homogenizado mas uso bastante misturando umas nas outras e criando receitas com as próprias papinhas, a massa eu cozinho normal, claro, imaginem se na Itália não existe uns 50 tipos e marcas de macarrãozinho para cozinhar para bebês.. hehe, agora, as papinhas prontas (totalmente prontas) da Alemanha, França, etc, nossa! Incrível. E tbm as merendas já prontas, sem falar nos tipos e variações de leites. Procuro dar sempre marcas orgânicas, mas dou as outras tbm pra variar bastante. Eu sinceramente não faria melhor nem com muito tempo de sobra e “sofrimento” na cozinha. Prefiro criar bem minha filha, passar esse tempo com ela, pois não a coloquei na creche ainda, então ela está o dia todo dependendo de mim e isso já é bem pesado. As papinhas do Brasil eu conheço tbm, apesar de não haver muita variedade mesmo, as que tem são ótimas!! Existe realmente muita preocupação; produção orgânica, carnes sem hormônios, zonas agrícolas longe de poluição, etc etc.. Essa história da criança ter que se acostumar com “comida de verdade” (acho ótimo isso, como se o conteúdo da papinha fosse isopor) “tempero de verdade”, “comida da mãe” etc.. GENTE, calculem.. temos a vida inteira para isso!!! Não acho necessário a mãe ter que ficar tão cansada num momento tão crucial e difícil do desenvolvimento das crianças que é do nascimento aos 3 anos. Podemos viver bem mais tranquilas com o avanço da indústria, principalmente essa. O único problema que eu diria é: não é baratinho!!! Principalmente no Brasil, elas são muito caras para alimentar direto a criança.. mas pra quem pode tá tranquilo ;) (aqui elas não são assim tão caras e eu diria que dá no mesmo, em termos de $ comprar os ingredientes ou comprar as papinhas..) Beijos!!

  33. euzinha disse:

    Eu dou papinha Nestlé 2x ai dia para meu filho de 7 meses. Com 5 meses comecei a fazer, mas não sei cozinhar, não gosto de cozinhar e fico extremamente cansada quando faço qualquer coisa na cozinha, pois já fico o dia todo cuidando do meu filho e a cozinha é um martírio para mim perco muito tempo fazendo uma sopinha. Ele comia a minha sopinha direitinho, a avó fez uma vez para ele e ele comeu também, mas ele come a da Nestlé e esta tudo certo. Ele come também a papinha de frutas, mas com menos frequência. Ele é hiper saudável, não tem nadica de nada, é forte, os dentinhos estão demorando para sair (o que é um bom sinal), brinca o tempo todo, já pronuncia sons diferenciados faz um tempinho, passa o dia tentando engatinhar, já fica de 4 e se você colocá-lo em pé ele anda com a plantinha do pé toda no chão. É felicíssimo e sorridente, vai com todos. Enfim, papinha Nestlé nenhum mau a meu filho. Lógico que eu ouço críticas o tempo todo principalmente, adivinha de quem? Da sogra é claro hehehe, mas normal.

  34. Dan disse:

    Tenho 32 anos de idade, moro na Irlanda e tenho paixao por cozinhar, mas infelizmente eu de vez em quando AMOOOOO comer papinha de bebe, as salgadas. A comida na Irlanda eh muito gordurosa (carneiro, porco e a bendita batata todos os dias), isso me fez engordar muito. Sei que as papinhas nao traz todos os nutrientes necessarios para um adulto, eh claro, mas nao tem coisa melhor para quem quer perder alguns quilinhos, logico que acompanhado de uma boa dieta. Amei as informacoes sobre as papinhas.

  35. carine lima Ba disse:

    oi gente…estou com esse probleminha tb… meu filho tem 6 meses e nao quer de jeito nenhum a minha papinha… ele so quer a do potinho… e estou dando…quando dou tb as tardes a papinha doce,,, sera que vai fazer mal para ele?

    1. Comer para Crescer disse:

      Oi, Carine.
      Teoricamente, as papinhas prontas não são feitas para causar algum mal aos bebês. Mas na prática a comida fresca é a melhor e mais saudável. Acho que vc não deve desistir de acostumar seu bebê a comer a sua comidinha. É duro quando os bebês não comem a nossa comida. Dá medo. Parece que vão morrer de fome, ter anemia extrema. Mas insista, tome maracujina para controlar a ansiedade, o ânimo, o humor e siga determinada em fazer seu bebê comer a sua comida mais vezes. Fará bem a ele e a você também. Recomendo fortemente a leitura dos posts que a Lia, do blog, 1,2,3 Saco de Farinha, fez sobre a introdução de sólidos com a filha. Esse aqui em particular foi emocionante http://sacodefarinha.blogspot.com/2010/07/3a-fase-da-introducao-de-alimentos-o.html. Foi um sofrimento absurdo. Mas ela venceu a barreira.
      Que tal fazer a sua papinha e colocar no potinho, tanto a doce quanto a salgada, antes de oferecer ao filhote. Certa vez, minha prima nutricionista, indicou colocar um pedacinho de banana amassada na papinha salgada para facilitar a aceitação, tornando o sabor mais adocicado.
      Enfim, vá com calma, mas com determinação.
      beijos

  36. Silvana disse:

    Meu filho completou 8 meses e só quer comer papinhas Nestlê. Servi as papinhas feitas pela minha mãe e por meu cunhado, e o resultado foi o mesmo – rejeita nossas papinhas.
    Enfim, fiquei mais tranquila ao ler o comentáro sobre as papinhas prontas.

  37. meu bb vai fazer 6 meses no dia 06/02/2011,e pra falar a verdade pra ele começar a se acostumar a comer papinhas dei os potinhos.e um dia lendo sobre as papinhas li que não fazia mal,mas seria bom que eu mesma fizesse as sopas dele para ele acostumar com meu tempero!foi o que fiz,comecei a cozinhar para ele.só que ele de uma semana pra cá começou a rejeitar a minha,eu fiquei desesperada pq ele não comia nada,só as frutas(naturais)que dou a ele!conversei com minha mãe e ela disse pra fazer o teste:comprar um potinho e dar a ele.resultado ele comeu muito bem todo o potinho!ele adora! e na real,eu não vou deixar meu bb com fome só porque ele não gosta da minha sopinha!mas mesmo assim,vou fazer sopinha natural pra ele,intercalando pra ele não enjoar!adorei o site,parabéns!

    1. Comer para Crescer disse:

      Fernanda,
      Vc já testou colocar a sua papinha no potinho e dar a ele? E, sinceramente, muitas muitas muitas mães mundo afora alimentam seus filhos apenas com papinhas industrializadas. E eles ficam muito bem porque as papinhas são seguras, sim. Minha dúvida é sobre o sabor: todas parecem ter o mesmo sabor mesmo que o ingrediente seja diferente. E, acho, que assim treina-se muito pouco o paladar infantil. Mas pensando na alimentação dos índios e na diversidade que as mães indígenas têm à disposição, faz sentido os bebês comerem sempre a mesma comida.
      Outra coisa: descobri que a Nestlé na França não cozinha mais todos os ingredientes das papinhas juntos. Cozinha separado, no vapor, depois coloca na máquina para amassar, acrescentar a proteína e fechar no pote de plástico (oh, God!). Não usa sal nem nenhum tempero (eca!). Aliás, desconfio que a papinha da nestlé brasileira tb não tem sal. Enfim, não desanime. Intercale seu brodo com o brodo da Nestlé.
      beijos
      Patricia

  38. gabrielle disse:

    Ola, sou brasileira e moro na Italia…aqui existem muitassss marcas de papinha e todos usam sem problemas pois o controle efetuado aos fornecedores sao muito rigorosos, uma coltivaçao que sera destinada a virar papinha, nao sera nunca perto de um lugar poluido ou contaminado de qualquer forma, alem de ser cozida e embalada em lugar seguro….Muitos pediatra aconselham a fazer um caldinho de verduras e misturar, por exemplo, a papinha de carne (mas tem tambem de frango, peru, coelho, de verduras, frutas varias, queijos…..enfim uma variedade quase infinita, eheh…) eles dizem que pelo menos aquela fruta ou carne pode se encontrar a fonte de onde ela saiu. Meu bebe tem 5 meses e 1/2. Estamos começando com a papinha de fruta e procuro intercalar fruta fruta com papinha de fruta, pois viajamos muito e ele precisa se acostumar a comer as duas coisas. Mas estou siente que tudo o que è demais faz mal.Desculpem o coment muito longo…eheh…gostei do site encontrei atraves do google ;)

  39. MICHELLE CRISTINA disse:

    ADOREI MEU BEBE TEM 4 MESES E ADORA A PAPINHA DA NESTRE!!

  40. laura barbosa disse:

    Eu simplesmente AMEI esse post !!!
    Eu ofereco papinha Nestle somente nas situações de viagem e emergencias, mas de qualquer maneira nunca olhei essas papinhas com bons olhos….
    Mas esse post me deixou bem mais tranquila em oferecer a papinha Neslte !!!!

    Obrigada

  41. Fabi disse:

    Putz, eu também sempre dei com a pulga atrás da orelha. É confortador saber que tá tudo bem com o meu Joãozinho, heheheh…
    É assim mesmo que eu faço: comidinha da "Tia Márcia", da escolinha ou da mamãe sempre que possível e Nestlé na rua.
    Muito obrigada por este post sem preconceitos xiitas e hippies, hehehe..

    beijos,
    Fabi
    http://depoisqueeudescobri.wordpress.com

  42. S. Cristina disse:

    Minha filha tem 3 anos e ainda adora as papinhas.Deve ser porque come com muita moderação, so mesmo em caso de emergencia. Quando vamos almoçar fora sempre dou uma em casa antes de sair porque ela come mal na rua e quando adoece e perde o apetite ela aceita a papinha.Adorei mesmo saber que elas não fazem mal, confesso que dava com uma pontinha de duvida. Obrigada

    1. Joelma disse:

      Cristina, Minha filha é igualzinha! rsss Ela adora aquelas receitas da papinha júnior (risotinho, espaguete etc) e quando fica doente, só aceita a papinha e prefere aquela de 8 meses (deve ser pq é molinha, adocicada e fácil de engolir). Tb sempre dei com moderação.

  43. Carol disse:

    Oi meninas, sei que não tem a ver com o assunto, mas qual a opinião de vocês sobre os sucos e leites longa vida, e os leites de soja tipo ades?
    Adoro o site de vocês!
    Beijos
    Carol

  44. Patricia disse:

    Mô,
    Adorei o post. Ótimas dicas mesmo!
    beijos Pati

  45. Adorei o post!! concordo que apelar para papinhas prontas só em caso de uma emergencia.
    Mas acredita que Arthur DETESTOU a papinha Nestlé que dei a ele? Semana passada me rendi a dar uma dessas já que estávamos fora e nao cheguei em casa a tempo de dar a janta. Resiltado: fez cara feia, teve ansia de vomito e cuspiu o que tinha na boca.
    No fundo, no fundo gostei de saber que ele prefere a da mamae aqui, mas to lascada se numa emergencia eu precisar dar uma papinha pronta pra ele né?

    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>