As marmitas japonesas

marmitas japonesas

Minha mãe falou tanto sobre a reportagem que viu no último Globo Repórter sobre Marmitas Japonesas que fui dar uma espiada e me apaixonei! Já falamos aqui sobre o quanto criança gosta de comer com as mãos e as tais marmitas – ou bentôs como eles chamam – sugerem exatamente isso. A reportagem fala sobre a importância de montar um prato colorido (o que também garante o equílibrio de nutrientes) e mostra uma mãe brasileira que mora no Japão criando essa marmita fofa que você vê na foto. Note que está tudo ali: o arroz (carboidrato), brócolis, tomate cereja e vagem (vitaminas e sais minerais), a mussarela de búfala e a salsicha (proteínas, cálcio e ferro). E tudo em pequenas quantidades – outro toque que já demos aqui.

 

Até um simples prato de petiscos pode virar a refeição principal. Dá para colocar bolinhos de carne e de arroz junto com as verduras e legumes.

 

Encontrei outros tipos de bentôs que dá para fazer em casa. Esse aqui imita a Hello Kit (sempre ela). O importante é a variação de cores e formas. Não esqueça do tempero para a comida ficar gostosa.

 

Um incentivo, para deixar a refeição diferente, é substituir o prato por outro recipiente que pode ser de plástico, de alúmino. Improvise com o que você tiver no armário. Vai ser um sucesso!

Um beijo da Mô