• JUNTE-SE A NÓS NAS REDES SOCIAIS:

Quando eles começam a usar talheres


Outro dia olhei e vi um montinho de arroz no prato ao lado que teimava em cair do garfo. Ele até tentava se equilibrar na beiradinha do talher, mas quando começava a subida em direção à boca, caia. Então, mãozinhas inteligentes zanzaram em volta da mesa e acharam a ajuda pretendida: a faca. Um empurrãozinho a mais e lá estava o montinho de arroz no meio do garfo, feliz e ansioso pelo seu fim, na boca da menina. Fiquei mega feliz ao ver minha pequena Isabella de quatro anos manuseando os talheres com tanta galhardia.
Fui pesquisar e descobri que o esquema de talheres é assim entre os especialistas:

Colher – pode dar para o bebê segurar desde a primeira papinha, para ele já se acostumar e fazer bagunça. (Respirem amigas loucas por limpeza como eu. É saudável!). Ele só conseguirá usar direitinho por volta de um ano e meio. Usar a colher também é importante para a coordenação motora fina do bebê e a coordenação mão-olho.
Garfo – entra em cena aos dois anos, mas prefira os modelos sem pontas e esteja sempre por perto – até para terminar de dar a refeição porque se deixar por conta deles…
Faca– aos quatro anos, as versões sem ser afiadas já podem ser usadas, mas com a supervisão de adultos. Libere totalmente só depois dos dez anos, mesmo assim, com cuidado.



Lógico que tudo isso depende do desenvolvimento da criança, da ideologia da família, da paciência dos pais…
Um beijo da Mô

P.S. Os talheres das fotos são da Head Chefs