Que tal um danoninho feito em casa?

Assim como nove entre dez crianças, Isabella e Úrsula adoram danoninho! O problema é que tal produto contém corante, aromatizante, estabilizante e outros ingredientes que eu mal sei o que significam – confira aqui quais são eles. O jeito foi encontrar uma versão caseira que apresentasse o mesmo sabor docinho/azedinho do original. Conseguimos isso misturando coalhada seca feita pelo meu marido e geléia de morango criada pela Ana, a super administradora da casa de minha mãe. As meninas aprovaram!

Segue a receita de sucesso:

Géleia de morango:
Em uma panela, coloque 15 morangos, de preferência orgânicos, picados. Junte meio copo de açúcar e deixe cozinhar por mais ou menos 20 minutos, mexendo sempre. Se precisar, coloque um pouquinho de água.

Coalhada seca:
Você vai começar fazendo um iogurte caseiro, como já expliquei aqui. Reproduzindo:
Aqueça um litro de leite integral até mais ou menos 40 graus (você sabe que chegou nesse estágio quando consegue colocar um dedo dentro da panela e aguenta contar até dez). Acrescente um pote de iogurte – o segredo para dar certo é ele ter sido fabricado há menos de 10 dias. Tem de ser a versão natural (sem frutas) e não pode ser do tipo “cremoso”, que tem amido. Pela nossa experiência, as melhores marcas são Nestlé, Parmalat e Vigor – integral ou desnatado. Misture bem. Depois coloque a panela tampada no forno pré-aquecido, mas desligado. Deixe ali por seis horas, com a lâmpada acessa, retire e leve a geladeira por 24 horas. Após isso, se juntar soro, retire o excesso e misture.

Agora transforme o iogurte em coalhada seca:
Escorra o iogurte em um tecido de algodão limpo, como uma fronha velha ou um pano de prato separado apenas para isso, por exemplo. O soro vai escorrer para a vasilha enquanto o iogurte vai ganhando consistência de coalhada, vai ficar no pano. Coloque dentro da geladeira pois o processo demora algumas horas. Depois é só retirar a colhada do pano.

Enfim o danoninho!:
Misture a coalhada com a geléia e pronto! Com o tempo você vai experimentando qual a quantidade ideal para ser colocada de cada um.

beijos
Mônica