Salada de letras

salada de letras

Salada de letras – Adultos sempre dão um jeito para fazer uma criança comer: cantam músicas, fazem mímicas, criam bichinhos com o arroz e feijão, apelam até para a televisão.

Qual não foi a minha surpresa ao receber um simpático email do Gustavo Klimke de Carvalho, esse esperto garoto aí do lado, de 11 anos, que sugeriu um livro para nos ajudar nessa batalha. Ele leu, gostou e acha que os pais devem ler para os filhos.

O livro é uma graça! Salada de Letras (Ed. Salesiana) foi escrito por Rosângela Maria de Moro e coloridamente ilustrado por Fábio Sgroi. Conta a história da Camila, uma garotinha que só queria bala, bombom e chiclete, não queria nem saber de experimentar novos sabores. Dona Rosa, mãe desesperada como nós, teve uma ideia: misturar comida com o alfabeto! Camila poderia comer o que quisesse, desde escolhesse apenas alimentos que iniciav

am com a letra do dia. Uma brincadeira que pode dar certo em casa também!

Obrigada Gustavo! Volte sempre para nos dar mais dicas deliciosas como essa!

um beijo

Mônica